Uma Bíblia com concordância ajudará a encontrar textos que falam sobre diferentes aspectos da natureza. Por exemplo… enquanto observa formigas carregando diligentemente uma porção grande de alimento para o formigueiro, procurar na Bíblia um verso sobre formigas (Provérbios 06:06) e discutir o que Deus nos ensina por meio delas (esforçar-se para conseguir executar um trabalho difícil).


O espírito aventureiro será muito proveitoso quando uma chuva repentina interromper a caminhada ou quando tentarem seguir o rastro de algum animal arisco no meio do mato. Na verdade, sem o espírito aventureiro, você provavelmente não vá muito além da porta da frente da sua casa! O desejo de aprender acerca de Deus através da natureza lhe dará ideias quanto a lições espirituais…

E agora, algumas ideias sobre atividades. Prepare uma folha de observações a serem feitas numa caminhada no sábado à tarde, usando figuras para as crianças menores e palavras para as mais velhas. Acrescente estrelas para cada uma que a criança encontrar. Façam uma “caminhada da Criação”, em busca de objetos que Deus fez nos diferentes dias da semana. Recolham objetos da natureza para fazer quadros ou exposições em 3D (areia, terra, pedras, gravetos, musgo, hastes de plantas, sementes, penas de aves, conchas, etc.).

Façam juntos a montagem dos quadros num sábado à tarde, quando o tempo não estiver bom. Façam uma caça ao tesouro em meio à natureza. Preparem gravuras sobre a natureza com ilustrações de teias de aranha, pegadas ou folhas. Prepare um calendário com quadrados grandes para cada dia do mês. Em cada quadrado, ilustre um acontecimento da natureza. Visitem uma fazenda com animais, alimentem os patinhos no parque local. A lista de coisas que sua família pode fazer é limitada apenas por sua imaginação.
As atividades em meio à natureza são um dos mais importantes elos espirituais entre você e seus filhos… “Na mente infantil, o próprio pensamento do sábado deve estar ligado à beleza das coisas naturais (…) Por meio de tais associações, os pais poderão atar os filhos a seu coração, e assim a Deus, mediante laços que jamais se hão de romper” (Educação, p. 251).

Atividades bíblicas e instrutivas são outra parte importante das recordações do sábado. São especialmente necessárias quando o clima não permite atividades ao ar livre, ou para as longas tardes de verão. Ler histórias, contar histórias bíblicas com mímica, encenar uma história numa pequena caixa de areia, desenhar figuras ponto a ponto, brincar com joguinhos bíblicos ou dirigir uma Escola Sabatina (bíblica) para bonecas ou para os irmãos menores são apenas algumas das possibilidades…
O sábado desempenha um papel essencial na vida espiritual de cada pessoa – criança ou adulto. Como memorial da Criação, é o sinal do poder criador de Deus e um forte argumento contra a evolução. O sábado reconhece a soberania de Deus no mundo e na minha vida pessoal. Deus é a fonte da existência e do conhecimento. O sábado relembra a glória primitiva do homem e testemunha do propósito de Deus de nos recria à Sua imagem por meio da redenção. O sábado também identifica o povo de Deus através de uma prova de lealdade especial no fim do tempo.

Preparação, Preservação e Presença – seriam um dos mais importantes meios que Deus tem de ensinar nossos filhos a seu respeito e de manter nossas famílias unidas?

É nosso privilegio atar as cordas do amor entre nós e nossos filhos através de um dia especial, um dia para recordar para sempre.

CHAVES PARA CRIAR LEMBRANÇAS DO SÁBADO
1. Prepare-se para o sábado durante a semana.
2. Simplifique o trabalho doméstico. Convoque a família para ajudar.
3. Cultive uma tradição familiar para o inicio do sábado.
4. Simplifique a rotina da manhã de sábado.
5. Planeje atividades sabáticas especiais com seus filhos.
6. Associe o sábado com a natureza na mente dos filhos.
7. Crie lembranças do sábado que ligarão o coração de seus filhos a você e a Deus.

Autora: Donna J. Habenicht é Adventista do Sétimo Dia. Os Adventistas observam o Sábado como dia de adoração e união familiar. Os artigos foram retirados do livro “Como ajudar seu filho a amar Jesus – Sugestões práticas para transmitir valores espirituais, CPB, 2011.